22 de abril de 2018

Transmissão ao vivo de webtv PIETÁ Coreaú-CE

14 de abril de 2018

No último sábado, dia 14, ocorreu na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Martinópole, o primeiro Encontro da Região Episcopal Vale do Coreaú em 2018. O evento teve início com a celebração eucarística presidida pelo Pe. João Paulo Aguiar, pároco de Meruoca, e  a reflexão do Pe. Emídio Moura, novo pároco de Uruoca.

Os trabalhos começou com a leitura da ata. Padre Luiz César, pároco anfitrião, apresentou o Documento 105, que dispõe sobre a importância dos leigos na igreja. Em seguida, Pe. Jesuíno, Vigário Episcopal, convocou os presentes para a escolha de representantes para algumas atividades. Pe. Erivaldo foi escolhido para o setor juventude da Região. Pe. Elmir assume a 2° Urgência e fica por sua decisão de escolher uma pessoa leiga para lhe auxiliar. O estagiário Samuel assume a 3° Urgência e o Pe. Magalhães assume o setor familiar.

Próximos encontros serão em Alcântaras em 16 de junho, Moraújo no dia 18 de agosto, em Massapê será a Assembleia Da Região em 20 de outubro e Meruoca em 22 de dezembro, onde acontecerá a confraternização.

Pe. Jesuíno convida um representante para a 3° Urgência a nível diocesano. Escolheram novamente o Seminarista Samuel para esta atividade.
Dia 16 de maio, reunião com as coordenadores de pastoral com uma palestra com Dom Edmilson, bispo de Tianguá. Será no Cetreso. Dia 19 de maio assembleia do Laicado. 5 de maio haverá um encontro com todos os secretários e secretárias paroquiais. Taxa de 60 reais. 28 de abril haverá reunião com os articuladores da 5° Urgência a nível de diocese e também a nível de região. 26 de maio. Reunião com os articuladores da 5° urgência a nível de região.


28 de março de 2018

A Semana Santa é o grande retiro espiritual da Igreja, convidando os católicos à conversão e renovação de vida. Ela se inicia com o Domingo de Ramos e se estende até o Domingo da Páscoa. É a semana mais importante do ano litúrgico, quando se celebram, de modo especial, os mistérios da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. Venha participar na Igreja São José deste grande mistério de nossa fé!

DOMINGO DE RAMOS

A celebração desse dia lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, onde vai para completar sua missão, que culminará com a morte na cruz. Os evangelhos relatam que muitas pessoas homenagearam a Jesus, estendendo mantos pelo chão e aclamando-o com ramos de árvores. Por isso hoje os fiéis carregam ramos, recordando o acontecimento exprimindo que Jesus é o único mestre e Senhor.

2ª a 4ª FEIRA

Nestes dias, a Liturgia apresenta textos bíblicos que enfocam a missão redentora de Cristo, contemplando o Servo sofredor. Nesse período, aparecem como figuras eloquentes, Maria, a Mãe de Jesus, Maria Madalena, que perfuma o corpo do Senhor, Pedro e Judas.

TRÍDUO PASCAL 

O ponto alto da Semana Santa é o Tríduo Pascal que se inicia com a missa vespertina da Quinta-feira Santa e se conclui com a Vigília Pascal, no Sábado Santo. Os três dias formam uma só celebração, que resume todo o mistério pascal. Por isso, nas celebrações da quinta-feira à noite e da sexta-feira não se dá a bênção final; ela só será dada, solenemente, no final da Vigília Pascal.

 QUINTA-FEIRA SANTA

De manhã só há uma celebração, a Missa do Crisma. Nela estão presentes o Bispo diocesano,  todos os Padres que ali atuam e o povo de Deus. São abençoados os Óleos que serão usados na celebração dos Sacramentos do Batismo, Crisma, Unção dos Enfermos e Ordem. Os Padres renovam suas promessas sacerdotais e o povo renova a sua missão. É a Missa da unidade. À noite acontece a celebração solene da Missa, em que se recorda a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio ministerial. Realiza-se a cerimônia do lava-pés em que se recorda o gesto de Cristo, convocando-nos ao serviço humilde e solidário. Nessa celebração também se recorda o mandamento novo: o Amor. Comungar o corpo e sangue de Cristo na Eucaristia implica a vivência do amor fraterno e do serviço. Essa é a lição da celebração. 

SEXTA-FEIRA SANTA

A Igreja se recolhe no silêncio, na oração e na escuta da Palavra Divina, procurando entender o significado profundo da morte do Senhor. Neste dia não há missa. À tarde acontece a Celebração da Paixão e Morte de Jesus, com a proclamação da Palavra, a oração universal, a adoração da cruz e a distribuição da Sagrada Comunhão. Nesse dia a Igreja pede o sacrifício do jejum e da abstinência de carne, como ato de despojamento, para ajudar-nos a viver mais intensamente esse mistério, e como gesto de solidariedade com tantos irmãos que não têm o necessário para viver. Mas a Semana Santa não se encerra com a sexta-feira, mas no dia seguinte quando se celebra a vitória de Jesus. Só há sentido em celebrar a cruz quando se vive a certeza da ressurreição.

VIGÍLIA PASCAL

Sábado Santo é dia de reflexão e de oração. A Igreja permanece junto ao sepulcro, meditando no mistério da morte do Senhor e na expectativa de sua ressurreição. Durante o dia não há missa, batizado, casamento, nenhuma celebração. À noite, a Igreja celebra a solene Vigília Pascal, a “mãe de todas as vigílias”, revivendo a ressurreição de Cristo, sal vitória sobre o pecado e a morte. A cerimônia é carregada de ricos simbolismos que nos lembram a ação de Deus, a luz e a vida nova que brotam da ressurreição de Cristo.

DOMINGO DA PÁSCOA

“Aleluia, aleluia! Este é o dia que o Senhor fez para nós, alegremo-nos e nele exultemos! Chegamos ao grande dia da Páscoa, um novo dia, onde tudo se renova, pois eis que Cristo, nossa páscoa, foi imolado. A maior festa de toda a cristandade é a Ressurreição de Jesus Cristo, pois se trata de um acontecimento que está no centro da experiência religiosa que Jesus Cristo fez de Deus, é o cume do caminho feito por ele. Com sua ressurreição os seguidores de Jesus descobrem quem ele é, qual sua missão e qual é seu futuro. Que o Cristo Vivente nos ilumine e nos guie nos caminhos da paz e do bem! Uma feliz e santa Páscoa!!!!

Infância e Adolescência Missionário - IAM

A Infância e Adolescência Missionária (IAM) foi implantada na cidade de Coreaú-CE no dia 25 de março de 2003 pela Freira Reparadora do Coração de Jesus Irmã Lúcia Cândido Marques, com o apoio do então Pároco Pe. João Batista Nery de Abreu.

Desde então passaram pela Coordenação Paroquial da IAM as Irmãs Therezinha e Aurelina e as Assessoras Millena e Jane. Além disso, muitos jovens e crianças foram assessores e coordenadores de grupos durante todos esses anos. * Atualmente encontra-se na coordenação os Assessores Rian e Daniel.

Hoje, ao completar seus 15 anos, a Infância e Adolescência Missionária da Paróquia Nossa Senhora da Piedade de Coreaú-CE conta com 25 assessores e 6 grupos:

03 grupos na sede: 
  • 1 grupo no Centro de Evangelização Frei Leônidas, 
  • 1 grupo na Escola Nossa Senhora de Fátima e 
  • 1 grupo no C.E.B. Pe. José Maria de Aguiar; 

03 grupos em outras localidades:
  • 1 grupo no distrito de Araquém;
  • 1 grupo no distrito de Aroeiras;
  • 1 grupo na localidade de Malhada Vermelha. 

Grupo da IAM em 2007

Grupo da IAM atual








13 de março de 2018

O Papa Francisco completa nesta terça-feira, 13, cinco anos de pontificado. Cardeal Mario Bergoglio foi eleito papa no dia 13 de março de 2013, após a renúncia de Bento XVI, no segundo dia de Conclave, escolhendo o nome de Francisco. Foi o primeiro Jesuíta a se tornar Papa. Ao ser eleito, na Capela Sistina, perguntaram a Bergoglio se aceitava. E ele disse: “Eu sou um grande pecador. Mas, confiando na misericórdia e paciência de Deus, no sofrimento, aceito”.
O nome do escolhido pelos 115 cardeais foi anunciado pelo mais velho dos cardeais-diáconos, o francês Jean-Louis Tauran. A decisão surpreendeu, pois o argentino não aparecia nas últimas listas de favoritos, que incluíam o brasileiro Dom Odilo Scherer e o italiano Angelo Scola.

Biografia

Jorge Mario Bergoglio, nasceu em Buenos Aires, na Argentina, em 17 de dezembro de 1936, em uma família de imigrantes italianos de Genova.Formou-se em química na Universidade de Buenos Aires. Ainda jovem teve problema respiratório que o levou a perder um pulmão.
Não obstante, Bergoglio entrou para a Companhia de Jesus, onde fez o noviciado em março de 1958 e o Juniorato em Santiago do Chile. Ao concluir a Teologia, recebeu a ordenação sacerdotal em 13 de dezembro de 1969.
Com a sua ordenação, Bergoglio emitiu seus últimos votos na Companhia de Jesus, em 1973, ano em que foi nomeado Mestre de Noviços, em San Miguel. No mesmo ano, foi eleito Provincial dos Jesuítas, na Argentina.
Em 20 de maio de 1992, foi nomeado Bispo de Auca e auxiliar de Buenos Aires. Em fevereiro de 1998, tornou-se arcebispo de Buenos Aires, sucedendo a Dom Antonio Quarracino. Em fevereiro de 2001, foi criado Cardeal pelo Papa João Paulo II. Em 2005, foi tornou-se presidente da Conferência Episcopal da Argentina, cargo que ocupou até 2011.

Fonte: Site Canção Nova
Link: https://noticias.cancaonova.com/especiais/pontificado/francisco/papa-francisco-comemora-5-anos-de-pontificado/






9 de março de 2018

Segundo o site terra, o Papa Francisco promulgou nesta quarta-feira (7) o decreto que confirma o milagre por intercessão de Paulo VI (1897-1978). Com a medida, ele será proclamado santo, anunciou a Santa Sé. 

A data da canonização não foi revelada. No entanto, "Paulo VI será santo neste ano", afirmou Francisco no mês passado durante um encontro com sacerdotes romanos. De acordo com o secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin, a cerimônia poderá ocorrer no final do mês de outubro em Roma, assim que o Sínodo dos Bispos sobre os Jovens - 3 a 28 de outubro - for encerrado.

Giovanni Battista Enrico Antonio Maria Montini nasceu em Concesio, Brescia em 26 de setembro de 1897. Sucedeu ao Papa João XXIII, que convocou o Concílio Vaticano II, e decidiu continuar os trabalhos do predecessor. Promoveu melhorias nas relações ecumênicas com os OrtodoxosAnglicanos e Protestantes, o que resultou em diversos encontros e acordos históricos.
Montini serviu no Departamento de Estado do Vaticano de 1922 a 1954. Enquanto esteve no Departamento de Estado, Montini e Domenico Tardini foram considerados os colaboradores mais próximos e influentes do Papa Pio XII, que o nomeou, em 1954, arcebispo da Arquidiocese de Milão, um cargo que fez dele automaticamente Secretário da Conferência de Bispos Italianos. João XXIII elevou-o ao Colégio de Cardeais em 1958, e após a morte de João XXIII, Montini foi considerado um dos mais prováveis sucessores.

Escolheu o nome Paulo, para indicar que tinha uma missão mundial renovada de propagar a mensagem de Cristo. Ele reabriu o Concílio Vaticano II, que fora automaticamente fechado com a morte de João XXIII e lhe atribuiu prioridade e direção. Após ser concluído o trabalho no Concílio, Paulo VI tomou conta da interpretação e implementação de seus mandatos, frequentemente andando sobre uma linha entre as expectativas conflitantes de vários grupos da Igreja Católica. A magnitude e a profundidade das reformas, que afetaram todas as áreas da vida da Igreja durante o seu pontificado, excederam políticas reformistas semelhantes de seus predecessores e sucessores.

Paulo VI foi um devoto mariano, discursando repetidamente a congressistas marianos e em reuniões mariológicas, visitando santuários marianos e publicando três encíclicas marianas. Paulo VI procurou diálogo com o mundo, com outros cristãos, religiosos e irreligiosos, sem excluir ninguém. Viu-se como um humilde servo de uma humanidade sofredora e exigiu mudanças significativas dos ricos na América e Europa em favor dos pobres do Terceiro Mundo.

O seu ensinamento, na linha da tradição da Igreja, contrário à regulação da natalidade por métodos artificiais (ver Humanae Vitae)  e a outras questões foram controversas na Europa Ocidental e na América do Norte; no entanto, o Pontífice foi elogiado em grande parte das Europas Oriental e Meridional, além da América Latina. Seu pontificado decorreu durante, certas vezes, mudanças revolucionárias no mundo, revoltas estudantis, a Guerra do Vietnã e outros transtornos. Paulo VI procurava entender todos os assuntos, mas ao mesmo tempo, defender o princípio do fidei depositum, uma vez que que lhe foi confiado. Paulo VI faleceu em 6 de agosto de 1978, na Festa da Transfiguração. O processo diocesano para a beatificação de Paulo VI iniciou em 11 de maio de 1993. Foi beatificado em 19 de outubro de 2014 pelo Papa Francisco.

Canonização - O milagre de Montini teria ocorrido em dezembro de 2014, no nascimento de Amanda, menina italiana que veio ao mundo após apenas 26 semanas de gravidez, algo em torno de seis meses e meio.

A Pascom da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade tem Paulo VI como seu patrono, pois, foi através da criação do Dia Mundial das comunicações Sociais que a igreja católica passou a utilizar os meios de comunicação para a evangelização. Daí o surgimento das Pascom's e consequentemente das transmissão das missas através do rádio e televisão.  


Fontes: 

https://www.terra.com.br/noticias/mundo/francisco-proclamara-santo-o-papa-paulo-vi,111e3834d5b0c0872b47f31020ece759sj27r559.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Papa_Paulo_VI

6 de março de 2018

No final da missa de envio, ocorrido no domingo em Sobral foi anunciado a próxima sede do Mutirão das Comunicações Regional Nordeste 1. Trata-se da Diocese de Iguatu. O anuncio foi feito pelo Bispo de Sobral, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos no momento da entrega da Comanda ao Pe. Wallace.

No dia 25 de março de 1961, sua Santidade, o Papa João XXIII lavrou o decreto de Criação da Diocese de Iguatu, no Brasil, Ceará. O território da nova Diocese será desmembrado da Diocese de Crato e da Arquidiocese de Fortaleza, tornando assim uma nova Diocese. Foram quatros bispos até hoje: Dom José Mauro Ramalho de Alacrón Santiago (1961-2000), Dom José Doth de oliveira (2000 a 2009), Dom João José da Costa (2009 a 2014) e Dom Edson de Castro Homem (2015 e atualmente).

A Diocese de Iguatu será a quarta diocese a receber o munticom. A primeira foi em 2014 em Itapipoca, a segunda no Crato, a terceiro em Sobral. Será  um grande desafio para a Diocese, pois é o primeiro evento de comunicação a nível de Ceará em a cidade realiza.


Pároco

Pároco
Pe. Ant. Denilson de Sousa

Vigário Paroquial

Vigário Paroquial
Pe. José Elmir Gomes

Brasão da Paróquia

Eventos

Eventos

Vídeos

ENTREVISTA COM O PE. ANTÔNIO MARIA

Web Tv Pietá - Tv Canção Nova

Santo do Dia

Santo do Dia
22 DE ABRIL

Nossos Papas

Nossos Papas
Montemagno, Italia; NASCIDO: 08 /07 /1145; ELEITO: 15/02/1145; FIM: 08/07/1153; MORTE: 08/07/1153 (8 anos / 67 anos)

Destaques